Agenda oficial: deputado paraibano foi o que mais de reuniu com o presidente desde a delação de Joesley

Escrito por em 17 de julho de 2017

O líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP), tem mantido uma agenda de encontros com o presidente Michel Temer (PMDB) bastante ativa. O parlamentar foi o que mais se reuniu com o peemedebista desde o dia 18 de maio, um dia após o conteúdo da conversa com Joesley Batista, da JBS, ter sido divulgado. O deputado se encontrou 18 vezes com o presidente, levando em conta as agendas oficiais da Presidência da República de 18 de maio de 2017 até 16 de julho de 2017.

Neste mesmo período, Temer recebeu 119 deputados. O número representa 1/4 dos 513 integrantes da Câmara (23,2%). Apenas o deputado Baleia Rossi (PMDB-SP), líder do PMDB, e Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Casa, tiveram encontros na mesma proporção que Aguinaldo. Rossi também esteve 18 vezes com Michel Temer. Já o presidente da Câmara, que tem tomado uma posição mais “institucional” diante a denúncia da qual Michel Temer é alvo, se reuniu 16 vezes com o peemeedebista.

Os encontros foram realizados nos últimos 59 dias, segundo informações encontradas no site do Palácio do Planalto. Todos registrados na agenda oficial do presidente. As reuniões com os deputados são realizadas, em geral, no gabinete presidencial, no 3º andar do Palácio do Planalto, no Palácio do Jaburu, onde mora com sua mulher, Marcela, e seu filho mais novo, Michelzinho, ou no Palácio da Alvorada.

Além das reuniões com o núcleo duro na Câmara, formado pelos líderes André Moura, Aguinaldo Ribeiro e Baleia Rossi, e com o presidente da Casa, Rodrigo Maia, Temer passou a realizar mais audiências com deputados em geral. Ele recebeu, ao todo, 28 deputados do PMDB, seu partido. Em 2º lugar na lista estão os congressistas do PP (18), partido do líder do governo e que ocupa 2 ministérios (Agricultura e Saúde). O PSDB é o 3º no total (16). Leia a lista dos partidos dos congressistas recebidos por Temer.

Estão representados na lista deputados de todos os partidos que integram ou já integraram a base de apoio ao governo no Congresso. A maior parte é formada por congressistas do PMDB, PP, PSDB e PSD.

 

 

Com informações do Poder 360

Opiniões do leitor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Ao vivo

Maringá FM

Current track
TITLE
ARTIST