Presidente afastado da Câmara diz que é alvo de perseguição política

Escrito por em 8 de agosto de 2017

O presidente da Câmara de Conde, Naldo Cell, que foi afastado do cargo por 20 dias para averiguação de denúncias afirmou em entrevista ao ClickPB nesta terça-feira (08) que está sendo alvo de perseguição política. “Fui pego de surpresa”, revelou o vereador afastado de seu cargo nesta segunda-feira (07) durante a sessão da Câmara.

Sob o ponto de vista de Naldo Cell, esta ação foi baseada em denúncias infundadas e “orquestrada por políticos do município que querem desmontar o progresso que estamos tendo no Conde”.

O pedido de afastamento foi apresentado pelo vereador Malbatan Neto (SD) e acatado pela maioria. Naldo Cell deve ficar fora por 20 dias enquanto os vereadores apuram as denúncias. O vice-presidente da Câmara vai dirigir a Mesa Diretora nesse período.

Foram escolhidos os vereadores Fernando Araújo, Luzimar e Adriano para compor a Comissão Processante para investigar as acusações. Naldo Cell é acusado de improbidade administrativa, favorecimento pessoal e suspeita de desvio de dinheiro.

Naldo Cell tem cinco dias para responder às acusações e já está elaborando sua defesa. Ele afirmou estar com expectativas “positivas porque se trata de uma ação política”.

 

 

Com ClickPB

Opiniões do leitor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Ao vivo

Maringá FM

Current track
TITLE
ARTIST