Acusado de estuprar e engravidar enteada diz que é inocente e que vai pedir exame de DNA

Escrito por em 14 de setembro de 2017

 

O homem acusado de ter estuprado e engravidado sua enteada de 10 anos de idade em João Pessoa foi preso nesta quarta-feira (13) no bairro Bomba do Hemetério, em Recife. Em entrevista à imprensa pernambucana ainda na delegacia, o pedreiro de 51 anos, afirmou que não cometeu crime e que pretende solicitar exame de DNA para provar sua inocência.

“Quero DNA pra provar. Porque às vezes a pessoa paga por alguma coisa que não fez, aí paga muita coisa e descobre que não fez”, afirmou o acusado.

Desde que a gravidez da menina foi revelada, o padrasto da menina estava foragido. Depois de preso, o homem foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana de Recife.

Questionado sobre os motivos que o fizeram fugir de João Pessoa após a descoberta da gravidez, ele afirmou que sabia que seria morto caso voltasse. Apesar disso, ele disse que já planejava que quando a situação se acalmasse, iria contratar um advogado e solicitar a realização de exame de DNA.

A delegada responsável pelo caso na Paraíba, Joana D’arc, afirmou em entrevista à rádio BandNews na manhã desta quinta-feira (14) que ainda não sabe quando o preso cehgará à Paraíba. “Se ao ser preso, ele tivesse sido encaminhado logo para a Paraíba, seria diferente, mas como deu entrada em presídio lá, tem que ter uma comunicação jurídica. Estou aguardando resposta até meio dia pra ver como proceder”, afirmou.

 

 

ClickPB

Opiniões do leitor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Ao vivo

Maringá FM

Current track
TITLE
ARTIST